quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Hoje foi dia de ires levar mais umas vacinas. De noite estavas um bocadito entupida do narizinho e a tua mamã estava com medo que no centro de saúde não te administrassem as vacinas, por isso, logo de manhã ligamos para loá e como não tinhas febre o enfermeiro disse que as podias tomar.
Agora já falei com a tua mamã que me disse que apesar de estares um bocadinho aborrecida, já comeste quase um boião inteiro de fruta.
És mesmo uma menina cheia de força que não se deixa abater por uma simples vacinazitas!!!
É verdade, esta semana recebeste um grande elogio da tua educadora, disse que eras a mais bem comportada da tua sala, comias muito bem e que eras muito meiguinha.
Temos tanto, mas tanto orgulho em ti, és a Nossa Ratinha Linda....

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Infantário

Há medida que o mês de Agosto ia passando um dos temas que dominava alguma das conversas que tinha com a tua mamã era o facto de Tu em Setembro ires para o infantário.

Na nossa opinião a nossa princezinha ia-se fartar de chorar e não se ia dar nada bem. E porquê? Porque durante 4 meses tu ditavas as tuas ordens e as coisas em casa eram feitas segundo a tua vontade.
Mas como já estás a ficar uma mulherzinha decidis-te mostrar o quanto estavamos enganadas.
Logo no primeiro dia ficaste muito bem com a auxiliar e nem uma lágrima caiu na tua carinha tão fofinha.
A única altura em que ficas mais aborrecida é na altura da sopinha. Mas agora elas já sabem um truque para que tu a comas sem reclamar muito, 2 colheres de sopa e uma de fruta e assim lá vais comendo tudo direitinho.
Agora com o passar dos dias quando chegas ao infantário atiras-te logo para o colo da auxiliar ou da educadora.
Sim senhora, a nossa princesa mostrou que se sabe comportar e que adora brincar com os outros meninos...

quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Um pouquinho de Ti.....

Já passaram quase 5 meses desde que nasceste minha princesa linda e ainda tenho gravado na minha memória, e acho que o vou ter para sempre, o dia em que entraste pela porta dentro para o que seria oficialmente o teu 1º. lar.

Eras tão pequenina e vinhas tão aconchegada na tua maxi coxi que ainda agora ao escrever este texto me vêm as lágrimas aos olhos de saudades desse tempo minha Linda Princezinha Leonor....
A tia tem andado um pouco ausente deste teu cantinho, mas porque preferiu não perder pitada do teu crescimento, e hoje resolveu passar para aqui todas as nossas vivências ao longo deste tempo.
Os primeiros meses foram terríveis em relação às cólicas. Ficavamos tão impotentes ao te ver chorar e pouco podermos fazer para acalmar o teu choro.
Mas tirando isso, sempre foste e continuas a ser uma bebézinha muito calma e sociável.
Durante o mês de Agosto começaste a palrar imenso e deste um grande "salto" no teu desenvolvimento.
Já comes a sopa, as primeiras papas e a frutinha. Pode-se dizer que és um bom garfo!!!
Já com esta idade sabes demonstrar aquilo que queres e aquilo que não queres e quando uma coisa não te agrada fazes cada perrice. Mas isso é fruto de seres filha unica, sobrinha e afilhada unica e neta unica; ou seja, as tuas vontades são ordens. Adoras ver televisão e carregar nas teclas do computador, ficas extasida.
Com o mês de Setembro veio a ida para o infantário e ao contrário do que toda a gente pensava, tu estás a dar-te muito bem. Vê lá que a tua educadora e as auxiliares já dizem que tu és uma santinha. Ai Leonor, Leonor, ainda não conhecem as tua donas birras.

Quero que saibas minha fofinha que a cada dia te amamos mais, preenches a nossa casa e mesmo quando o dia não corre muito bem quando chegamos a casa arranjamos boa disposição para brincar contigo e para te dar toda a atenção necessária.

Espero que continues sempre assim e que daqui a uns tempos possas andar a correr pela casa fora e a tagarelar com a tua alegria contagiante...


quarta-feira, 30 de maio de 2007

3ª. Feira - Ida às urgências do Hospital

Pois é meu amorzinho ontem à noite choravas tanto que até nos partias o coração.
Como ninguém te conseguia acalmar, o teu padrinho disse à tua mamã que era melhor ires ao Hospital, nem que fosse para precaver e para ficarmos todos mais descansados.
E lá foram vocês os 3 para o Hospital São João. Foste examinada por 3 médicos. Choravas tanto que a Sr.ª. Drª. ficou admirada e o teu papá conseguia-te ouvir na sala de espera.
A médica disse que tu tinhas muitas cólicas e que iria ser assim até aos 3 meses. E, por isso, a mamã devia de te continuar a dar Collie Milte e fazer-te muitas massagens e encolher-te as perninhas. Mas custa-nos tanto te ver chorar assim e não te pudermos tirar essas malditas cólicas.
Devido a chorares tanto ganhas-te uma conjuntivite e a médica receitou-te umas gotinhas.
Minha querida, a madrinha, pede-te para ficares boa depressa, porque parte-nos o coração te vermos assim...

Ida a Mangualde

O fim-de-semana que passou foste até Mangualde. Sim senhora deste um grande passeio.
A tua mamã ia com medo que tu estranhasses a casa e te fartasses de chorar.
Mas não tu portaste-te tão bem, parecias um anjinho.
O tempo é que não ajudou muito e ficamos grande parte do tempo em casa. Mas foi muito bom na mesma.
Recebeste prendinhas da “tia Manuela” e o padrinho comprou-te uns sapatitos brancos muito giros.
No Domingo regressamos a casa mas tu ias passar mais 2 dias com os teus papás a passear, pois o teu papá não trabalhou na segunda e na terça-feira.
Sim senhora és uma bonequinha de sorte...

Ida à Bracalândia

Pois é meu amorzinho no dia 19/05 foste passear com os teus papás e os padrinhos até à Bracalândia.
Apanhamos um lindo dia e tu pudeste mostrar as tuas lindas pernocas. A tua mamã vestiu-te uns calções e calçou-te umas sapatilhas todas fashion e lá foste tu toda contente. Parecias uma “mulherzinha” feita à pressão.
Portaste-te tão bem que nos pudemos todos divertir e passar um dia muito agradável.

Fofinha, tu és o Nosso Grande Amor...

sexta-feira, 11 de maio de 2007

...1 mês de Ti, Minha Princezinha...

Lenorzinha como passou um mês. Um mês em que te vimos a crescer, a tornares-te uma bebé ainda mais querida e amada por todos.

Posso-te dizer que este teu primeiro mês, tirando algumas excepções, foi muito calmo. As tuas cólicas que ao principio tanto te faziam chorar tanto, agora parece que te estão a dar tréguas. Deixaste de beber leite materno e ficas muito satisfeita com o leite da farmácia.
As únicas coisas que te fazem perder a calma é a impaciência de esperar pelo biberão, mudarem-te a fralda e a roupa e saires do banho. Com estas coisas tu ficas mesmo aborrecida e ninguém consegue calar o teu choro, para não dizer mesmo o berreiro.
Ontem foste levar as primeiras vacinas e segundo conta a tua mamã choraste tanto e de uma maneira tão aflitiva que a srª. enfermeira disse logo que tu tinhas uns valentes pulmões.
De resto este mês passou tão rápido que mal demos conta, não nos cansamos de olhar para ti, de te amar e de te acarinhar.
Meu Raiozinho de Sol, espero que continues sempre assim, com um sorrisso que nos enche o coração e que nos faz cada vez Te AMAR MAIS...

sexta-feira, 27 de abril de 2007

... Mais uma semana de ti, bonequinha...

A semana passou a correr e tu minha bonequinha querida continuas um anjinho.

O teu primeiro fim de semana em casa foi muito agitado para ti, pois toda a gente queria conhecer o lindo raiozinho de sol que és.
A cada dia que passa estás mais bonita, custa muito não poder estas sempre à tua beira e encher-te de mimos.

És uma autêntica princesa, um anjinho...

Se não tiveres fome e tiveres a fralda sequinha, não há menina. No entanto, existe uma excepção ... as Malditas Cólicas. Quando aparecem não te deixam descansar.
Ainda na noite de quarta para quinta-feira a tua mamã não sabia mais o que te fazer. Estavas com tantas mas tantas cólicas que não sossegavas com nada.
Se te deitavamos na cama berravas, se te punhamos de barriga para baixo era a mesma coisa. Mas depois o teu padrinho lá te encostou ao peito dele a acabaram por adormecer os dois sentados no sofá. Até nos partia o coração ver-te assim meu anjinho.
Ontem, já estavas melhor, já te fartavas de rir a dormir e o sossego parece que voltou.
Sabes, é que agora bonequinha, naquela casa vivemos em função de ti, vivemos para te fazer sentir bem.
Leonorzinha, espero que continues a crescer assim, a ser a bebé meiguinha e afável que és e que as malditas cólicas te deixem em paz. É que a tua mamã fica tão mas tão triste de te ver assim, que acredita se pudesse ficava com as dores todas.

Meu amorzinho lindo, és e serás sempre o nosso raiozinho de luz, mesmo nos dias em que o sol teima em não aparecer....

terça-feira, 17 de abril de 2007

Sabes Leonorzinha quando nasceste deu a notícia ao teu padrinho pelo telefone. Ele disse que não mas eu notei que ele ficou muito triste por não estar presente neste grande acontecimento, o Teu Nascimento. ele faz de conta que é muito duro, mas vais ver com o tempo que passares com ele que é das pessoas que mais jeito tem para crianças. Adora mesmo brincar com elas e até tem um brilhozinho nos olhos.
Mal tive a tua fotografia mandei-lha para o telemóvel, pois é, essa é uma das grandes vantagens das novas tecnologias.
Ele quando foi para a Suiça, e ainda estavas na barriga da tua mamã, falou contigo e pediu-te para tu te portares bem e não te lembrares de nascer enquanto ele não estivese em Portugal. E a tua mãezinha também te pedia sempre isso, até te dizia, livra-te de nascer quando o tio não estiver cá, para não deixarmos a tua titi sozinha. Mas tu não quiseste esperar para nascer. Ora nem mais, era o que faltava, até na tua hora de nascer queriam mandar. A madrinha dá-te toda a razão.
O padrinho todos os dias ligava a perguntar por ti. Sabes ele diz que tu vais ser uma menina muito inteligente. Vê lá o que ele já diz de ti.
Ontem lá regressou de viagem e no saco par além da prenda que trouxe para a madrinha, agora também trouxe uma para ti, para a bonequinha da casa.
Pois é, o padrinho, trouxe-te esta vaquinha Suiça para tu poderes brincar e fazeres muito barulho aos nossos ouvidos. A tua mãe diz que é para tu avisares quando estás com fome e acordada. Sabes apesar dele não ser tão efusivo como a tua madrinha, também gosta muito de ti e também está desejoso para te ver em casa e te poder dar banho.
Leonorzinha espero que tenhas gostado da prenda que o padrinho te trouxe e que brinques muito com ela...

Mais um pouquinho de TI...

Como o tempo passa minha bonequinha linda...
Já nasceste à 6 dias e a cada dia que passa tornas-te mais forte e com mais defesas.
Na sexta-feira a tua mamã apanho um grande susto, tu teimavas em não comer e a enfermeira como está sempre muito atenta, apercebeu-se que tu tinhas tido uma paragem cardíaca muito passageira quase mesmo imperceptível. Claro está que a tua mãezinha ficou logo muito assustada.
No entanto, tu mostraste que já és uma lutadora.
Como insistias em não comer a pediatra disse que te tinha de colocar a sonda para seres alimentada através dela.
Mas parece que tu não gostaste muito da ideia, por isso, resolveste retira-la de imediato. E a senhora enfermeira teve que te tornar a colocá-la. E, tu, tornaste a tirá-la. Parece que levaste a tua avante.
E, no sábado, começaste a mamar pelo biberão. Também foi neste dia que tomaste o teu primeiro banhinho fora da incubadora. Sabes, tu adoras que a tua mamã te passe creme pelo corpo. Parece que já gostas de massagens, agora ta tua mãe já tem duas candidatas a quem as fazer, Eu e Tu!!!!
Pois é, menina Leonor, como dizem as enfermeiras aos teus papás tu já tens uma personalidade muito forte.
Sabes, tu fartas-te de ria a dormir e dizem que és uma bebé muito mimada.
Como no Domingo continuaste a recuperar muito bem, na segunda-feira já passaste para o berço térmico.
Esse bercinho é para tu te adaptares a estares fora da incubadora, te adaptares ao Mundo.
Princezinha o pediatra disse que tu estás a ficar bem, por isso, só te peço para que fiques bem depressa para que venhas para a nossa beirinha.
Vamos lá ver quanto tempo mais vais passar hospitalizada, mas espero do fundo do meu coração que não seja muito, pois apesar de te conhecer por fotografias, estou ansiosa para te conhecer, para te dar muitos miminhos e te encher de beijinhos.

Até breve meu amorzinho lindo...

quinta-feira, 12 de abril de 2007

... Para mais tarde recordares...

Meu amorzinho lindo não podia deixar de registar como foi o teu último dia dentro da barriguinha da tua mamã.
Logo pela manhã lá saímos as três; a tua mãezinha, tu e eu; para irmos apanhar o metro.
Enquanto a madrinha seguiu para o trabalho, vocês foram ao hospital para fazer o CTG.
Já apresentava muitas contracções, sem as sentir, e tinha 3 dedos de dilatação. Mas ainda assim a médica disse como estava combinado a tua mãe iria voltar na 5ª. Feira para fazer a última ecografia e aí seria decidido se tu irias nascer de parto normal ou de cesariana.
Da parte da tarde lá foram vocês novamente ao hospital, pois tinham uma consulta com a Endrocrinologista. A srª. Drª. disse que estava tudo bem com a diabetes da tua mamã e que por ela se não houvesse nenhuma novidade antes vocês poderiam passar o fim de semana em casa e então na 2ª. Feira iriam as duas ser internadas para tu, minha princesa, nasceres.
Mas claro que Tu, como já sabes o que queres não quiseste esperar tanto tempo para vires ao mundo.
Por isso, por volta das 17h30m a tua mamã começou com umas dores esquisitas e não queria por nada ir ao hospital e então dizia que o problema era dos intestinos, que estava muito presa. Vê lá Leonor a fita que a tua mãe estava a fazer para não ir ao hospital.
Quando chegamos às urgências a tua mamã entrou logo. Ai Leonor berrou tanto, mas tens ali uma mãe de armas capaz de enfrentar qualquer coisa por ti.
Depois de 5 epidurais e de seres puxada a ventosas lá vieste tu ao Mundo às 00h40m, com 4.250Kgs e 51 cms. A tua mamã levou 40 pontos. Mas passado umas horas já estava ao teu lado, para não mais te largar.
Como nasceste com pouco açúcar no sangue vais ter que ficar numa “estufazinha” durante os próximos 7 dias.
Para já vais ter o carinho dos teus papás, mas quando vieres para casa estamos todos aqui ansiosos para te conhecer e te encher de mimos.
Minha querida a madrinha está e estará sempre aqui para tudo o que TU e a tua Mamã precisarem.
Espero que venhas depressa para casa para te poder agarrar nos meus braços e sentir o teu cheirinho, o teu respirar, tudo em ti….
Aqui tens meu amorzinho o relato de como foi o dia em que, Tu, decidiste vir ao mundo e passares a ser o nosso Raiozinho de Sol...



Benvinda Leonor Maria….

quarta-feira, 11 de abril de 2007

Meu amorzinho lindo,

Muitos parabéns...

A tia está desejosa por te conhecer e por te dar muitos beijinhos.

Espero-te em casa e juro que nunca mais vou parar de acarinhar.

Leonorzinha sê muito benvinda ao Mundo.

És e serás sempre o nosso Raiozinho de Luz e de Sol....

Nasceu esta madrugada às 00h40m. Pesa 4.250Kg e mede 51 cm.
A Leonor teve de ir para a incubadora porque tinha pouco açucar no sangue. No entanto, o médico diz que é normal isso acontecer em bebés cujo as mães são diabéticas.
A minha maninha é que nem pode andar pois apesar de ter sido parto normal levou 40 pontos. Mas como ela é uma mulher de coragem num instante vai estar restabelecida para cuidar da sua princesa; e ajuda não vai faltar...

terça-feira, 3 de abril de 2007

... Para Ti...


Minha querida afilhadinha, este cantinho vai ser todo dedicado a TI, meu amorzinho.

Este é o primeiro de muitos textos que eu irei escrever sobre Ti. Aqui irei registar e depois deliciar-me ao ler e reler muitas vezes tudo o que fizeres ao longo do tempo.

Espero do fundo do coração que nunca conheças nada menos do que a Felicidade.

A partir do dia em que nasceres prometo-te que farei um registo diário do teu quotidiano, para um dia podermos ler todas as tuas traquinices juntas e nos podermos rir muito...

Para já é só um até breve, voltamos a dar novidades quando a Nózinha, o nome que eu tão carionhosamente lhe chamo, nascer.

Até lá meu amorzinho continuarei a fazer-te muitos miminhos na barriguinha da tua Linda Mamã...